Tag Archives: city tour

Que tal “comer” uma sopa no Paraguai?

Sopa Paraguaia 1

Fazer turismo por Ciudad Del Este e outras cidades paraguaias próximas à fronteira pode ser uma atividade muito saborosa. Para além da “muvuca” das compras em Ciudad Del Este, existe uma cidade limpa, organizada, bonita, repleta de grandes histórias e habitada por pessoas extremamente hospitaleiras.

A gastronomia paraguaia, que reúne cultura indígena com influência européia, merece a atenção de quem visita o país. Mas vamos te dar uma dica, caso queira “turistar” pelos restaurantes locais:

Não estranhe se alguém lhe oferecer como prato de entrada ou acompanhamento uma sopa para “comer”…

Para quem decide comer a sopa paraguaia pela primeira vez, o nome pode causar um pouco de estranhamento justamente por causa da consistência. Mas logo o estranhamento abre lugar para a apreciação, e conquista quem quer que a prove.

A sopa paraguaia não é líquida, mas sim, sólida. Trata-se basicamente de uma torta salgada à base de milho, queijo, ovos e cebola, muito consumida no Paraguai. 

Por conta da fronteira seca e do forte intercâmbio cultural entre Mato Grosso do Sul, Paraná e Paraguai, não foi difícil que o alimento ficasse popular também nesses estados brasileiros, por isso, ela também é encontrada em restaurantes e até supermercados de Foz do Iguaçu.

Carlos_Antonio_López Os historiadores afirmam que tudo começou com Don Carlos Antonio Lopez, que foi presidente constitucional do Paraguai entre o período de 1841 a 1862 – e pai de Francisco Solano Lopez, mas essa história, a gente conta outro dia – e que gostava muito da chamada sopa branca ou “Tykueti”. Reza a lenda que, em um determinado dia, o cozinheiro acabou adicionando à sopa branca mais farinha de milho do que o usual, e a deixou cozinhando dentro do forno, assim o “Tykueti” acabou passando de líquido a sólido. Quando experimentou o resultado do erro na receita batizou a nova iguaria de Sopa Paraguaia.

Outra versão diz que, originalmente, era uma sopa comum que os soldados paraguaios levavam para o campo de batalha durante a guerra do Paraguai entre 1864 e 1870. Mas como era difícil transportar o líquido nos campos, outros ingredientes foram sendo incorporados, a deixando ainda mais sólida e tomando a consistência atual.

Segundo as receitas tradicionais, é muito importante que a sopa paraguaia não leve jamais fubá ou fubá saboró, mas o recheio está liberado. É comum encontrarmos cereais, verduras, carne seca ou o que mais a imaginação mandar. É muito comido como acompanhamento do pão, substituindo uma refeição ou como primeiro prato quente.

Chipa Guazú2

Um outro prato típico do Paraguai, fácilmente encontrado em qualquer restaurante, é a Chipá Guazú, originada de uma variação na receita da Sopa Paraguaia, feita com milho verde, ao contrário da sopa que leva milho seco, e com grande quantidade de queijo entre seus ingredientes. 

No City Tour Ciudad Del Este, uma das rotas oferecidas pela Iguassu City Tour, você conhece outra deliciosa iguaria da culinária paraguaia, a Chipa, um biscoito feito de polvilho cuja origem remete às missões jesuíticas e que vai muito bem acompanhado de café ou “cocido”.

Chipa2

Mais histórias sobre iguarias culinárias da Tríplice Fronteira e suas origens você descobre acompanhando nossa página ou à bordo do Red Bus, em qualquer uma das rotas oferecidas pela Iguassu City Tour. Não deixe de acompanhar nossa página, até breve 😉

 

 

Você conhece Ciudad del Este?

Ah, você deve conhecer pelo menos o nome da cidade paraguaia icônica, famosa por ser um destino de compras. Mas não é dessa CDE que queremos falar hoje. É da cidade linda e bem estruturada que existe além daquele centro comercial. Vamos apresentar a você a NOVA CIUDAD DEL ESTE!

giphy

 

Ciudad del Este é a segunda cidade mais importante do Paraguai, ficando atrás apenas da capital, Assunção. E, para conhecer melhor o que ela tem além de “cocáguapendrai” (e meias), temos uma parceria com o City Tour em Ciudad del Este, empresa do lado de lá da fronteira. Olha só como funciona e o tanto de coisa legal que tem por lá: Read more